• Galileo Kids

Uma breve reflexão sobre qual escola escolher para nossas crianças


Os filhos são o que temos de mais precioso e é pensando na felicidade e no bem estar deles que não medimos esforços. É por isso que na hora de escolher uma escola para eles devemos levar em consideração vários fatores, como por exemplo, o espaço físico, mas existem outros fatores muito mais importantes como a proposta pedagógica da escola, sua filosofia, o amor, a dedicação, o comprometimento e a transparência com que o trabalho é realizado.


É importante saber qual a visão de criança e de infância que a escola tem e priorizar alguns aspectos. Pergunte-se “que tipo de escola quero para meu (minha) filho (a)?” Então reflita acerca desses aspectos. 


Será que a escola da primeira infância que desejo para minha criança é aquela em que ela fica dentro de sala de aula com apostilas preenchendo papéis, sendo sufocada por uma educação conteudista? Ou aquela em que a criança tenha a possibilidade de viver suas próprias experiências, que ela possa fazer suas descobertas através das explorações e trocas que lhes são proporcionadas? Será que a escola que escolhi para minha criança é aquela que valoriza o que ela é, bem como sua história e sua família? Será que é uma escola que permite a criança ser criança e respeita o seu tempo de aprender? Será que é uma escola que valoriza a infância e o brincar sem perder de vista os campos de experiência (BNCC) a serem contemplados nas vivências, explorações e brincadeiras? Será que é uma escola que se importa com as relações e emoções, e em como os pequenos aprendem a administrar as mesmas? Será que é uma escola que se preocupa com uma alimentação saudável? Será que se preocupa em desenvolver a autonomia e boa autoestima? Será que está preocupada em estimular a criança a cuidar do próprio corpo, desenvolvendo hábitos de cuidados e higiene? Enfim, será que é uma escola comprometida em fazer crianças felizes e formar indivíduos críticos capazes de fazerem boas escolhas por si mesmos?


Independentemente da situação  que nos encontramos que possamos refletir sobre esta escolha, pois a vida dos 0 aos 6 anos é o alicerce para toda a vida.


Escrito por Lilian Cristina Moura.