• Galileo Kids

Imaginação e investigação no cotidiano da criança!


O exercício da imaginação faz parte do ser criança! Segundo o pesquisador da infância Gandhy Piorski a imaginação é o que constrói a psique da criança e, se não for estimulada na primeira infância, pode atrofiar e causar danos como a adultização precoce. “A imaginação é a verdade da criança. Para alcançarmos a criança, devemos compreender que a imaginação é um mundo”.


Crianças precisam de tempo livre, solidão e espaço para contemplação. O brincar requer tempo, momentos de privacidade, para que a criança possa criar e recriar brinquedos e brincadeiras. Ela precisa do oculto, do não revelado que lhes garante a investigação do brincar.


Brinquedos prontos, que já dizem sobre sua funcionalidade quando são usados fora do jogo simbólico, limitam e retraem a força imaginadora das crianças. O excesso de brinquedos prontos, de tarefas e deveres escolares, excesso de entretenimentos e estímulos, entediam a criança, tirando sua autonomia.


A criança precisa do fazer livre, do criar, do investigar nos lugares de liberdade do corpo, de diversidade tátil, de geografia irregular, de convívio comunitário, de experiências com a natureza. Assim o brincar se faz com a vida e não com produtos adquiridos nas lojas.


Por Aline Pires, professora na Galileo Kids e Luciana Moura, diretora na Galileo Kids