• Galileo Kids

Dê as crianças tempo para viver!


Hoje a tecnologia tem grande participação no nosso modo de vida, nos tornando cada vez mais dependentes devido a facilidade, comodidade e praticidade que os aparatos tecnológicos nos oferecem.


O pouco tempo que nos resta se torna refém das redes sociais, programas televisivos e outras mídias. O tempo para se conseguir algo já não é mais valorizado, não sabemos mais viver diante o ócio, estamos acelerados e consequentemente estamos acelerando e roubando o tempo das crianças.


Não é possível comprar tempo em uma loja de brinquedos e muito menos na internet, o tempo depende da nossa disposição e dedicação.  Catherine L’Ecuyer afirma em seu livro educar na curiosidade que a infância deve ser vivida no seu tempo, com tudo de maravilhoso que essa etapa possui: a imaginação, a brincadeira, o significado do mistério, a inocência e etc.


Estamos cada vez mais reduzindo a infância, matando a imaginação, a curiosidade e a criatividade. Reduziram a nossa infância quando nos deram tempo para comer, brincar, correr, sentar, pular. As crianças precisam de tempo em abundância, para elas o tempo não é medido em horas de trabalho, minutos de almoço, dias de reuniões e infinitos afazeres. Para criança ter tempo é ter vida!


Cabe a nós pais e educadores, dispor tempo para imaginar, tempo para criar, tempo para escutar, tempo para questionar, tempo para levantar hipóteses, tempo para brincar livremente, tempo para que elas possam viver. Cabe a nós participar desse tempo inteiros, desprendidos de tecnologia, livres de julgamento e cheios de vida.


O tempo torna a vivência essencial e significativa e como já dizia Rubem Alves, "o essencial faz a vida valer a pena e para mim o essencial basta".


Escrito por Mariana Placidino - Professora na Galileo Kids